Crop Circles - Círculos nas plantações

Crop Circles - Círculos nas plantações

Os círculos nas plantações, também chamados de agroglifos, formação de plantação ou círculo de milho é um padrão criado pelo achatamento de uma plantação, geralmente um cereal . O termo foi cunhado pela primeira vez no início de 1980 por Colin Andrews. Embora causas naturais obscuras ou origens alienígenas dos círculos nas plantações sejam sugeridas por teóricos marginais , não há evidência científica para tais explicações, e todos os círculos nas plantações são consistentes com a causa humana.

O número de relatos de círculos nas plantações aumentou substancialmente desde a década de 1970. Há poucos estudos científicos sobre eles. Os círculos no Reino Unido não são distribuídos aleatoriamente pela paisagem, mas aparecem perto de estradas, áreas de população média a densa e monumentos de patrimônio cultural, como Stonehenge ou Avebury . Em 1991, dois fraudadores, Doug Bower e Dave Chorley, levaram o crédito por terem criado muitos círculos em toda a Inglaterra depois que um de seus círculos foi descrito por um investigador como impossível para os seres humanos fazerem. 

As formações são geralmente criadas durante a noite, embora algumas tenham aparecido durante o dia.  Ao contrário dos círculos nas plantações ou das formações das plantações, os vestígios arqueológicos podem causar marcas nos campos na forma de círculos e quadrados, mas não aparecem da noite para o dia e estão sempre nos mesmos lugares todos os anos. Quase metade de todos os círculos nas plantações encontrados no Reino Unido em 2003 estavam localizados dentro de um raio de 15 quilômetros (9,3 milhas) dos círculos de pedra de Avebury .

O primeiro registro de Crop Circles que se tem é de 1678. Ao todo já foram registrados mais de 10 mil em mais de 29 países. Existem fraudes e existem as que não são fraudes. Os crop cricles é algo muito adorado e reverênciado pelo pessoal new age e nova era quando aparece um ocorre muitos econtos exotéricos.

As caracteríticas desses desenhos são as seguintes: Os desenhos geralmente são em forma de círculos, são formados por uma energia que não alteram ou danificam a estrutura molecular da planta, modificam a taxa e o padrão de crescimento mas não mata a planta. Essa energia envolvida parece ser benigna, mas nunca foi encontrada na Terra. Essa energia utilizada para fazer esses desenhos não podemos encontrar aqui.

Existem formações de crop circles que irradiam ou emitem ondas de 5.7 hertz dentro de nosso espectro magnético. Muitas vezes esses desenhos coincidem com a aparição de OVINS. Após a colheita do grão a forma do desenho fica na terra por até 6 meses (as culturas que se vê Crop Circles com mais frequencia são as de cevada, trigo e canola). Quando é fraude esses fenômenos não acontecem.

 As plantas parecem ser submetidas a uma breve e intensa explosão de calor que amolece os caules para que caiam logo acima do solo a 90º, onde se recuperam em sua nova e muito permanente posição sem danos. Os biólogos de plantas ficam perplexos com esse recurso, e é o método mais simples de identificar o fenômeno real. Pesquisas e testes de laboratório sugerem que o infra-som (som abaixo de 20 Hz) é capaz de produzir tal efeito: o infra-som de alta pressão é capaz de ferver a água dentro das hastes em um nanossegundo, expandindo a água e deixando pequenos orifícios nos nós das plantas . A pressão aplicada também causa vapor na água, e é relatado pelos agricultores que, quando se deparam com um novo círculo na plantação, veem vapor subindo de dentro do desenho. Este processo cria carbonização superficial ao longo das hastes.

A tremenda aplicação de calor local também é responsável por alterar o lençol freático local, à medida que milhões de galões de água superficial e subsuperficial são evaporados. Com o calor e as frequências eletromagnéticas aplicadas, foi cientificamente documentado que amostras de solo retiradas de círculos nas plantações mostram mudanças em sua estrutura cristalina e composição mineral. A análise de especialistas conclui que tal processo requer temperaturas de 1500º C e pressão subsolo tipicamente encontrada em estratos de milhares de anos. Existem até evidências de quatro isótopos radioativos de vida curta e não naturais no solo dentro de círculos de plantações genuínos (estes se dissipam após três ou quatro horas, sem causar efeitos colaterais adversos); na verdade, o solo dentro e ao redor deles parece ter sido cozido.

Os círculos nas plantações também mostram a existência de ultra-som – som acima do alcance da audição humana – e tais frequências são conhecidas por existirem em locais antigos, como círculos de pedra, longos túmulos, tumuli, dólmens e menires. E como todos os locais sagrados, templos e locais de culto – como catedrais góticas – os círculos nas plantações aparecem nos pontos de interseção dos caminhos magnéticos de energia da Terra; assim, o tamanho e a forma de um círculo de plantação são tipicamente determinados pela área desses pontos de 'nó' no momento de sua aparição. 

Postar um comentário

Copyright © DUDUALLO | Distributed by Blogger Templates | Designed by OddThemes
Copyright © 2020-2022 DUDUALLO. Todos os direitos reservados.