Ticker

4/random/post-list

728x90-adsense-duduallo.com.br

MGTOW - Homens seguindo seu próprio caminho

 MGTOW (Men Going Their Own Way) ou "Homens seguindo seu próprio caminho" é uma filosofia divulgada principalmente na forma de comunidade online apoiada por websites e presenças em mídias sociais. A comunidade faz parte do recente surgimento de movimentos masculinistas. M.G.T.O.W – Os homens que seguem o seu próprio caminho é uma declaração de auto-propriedade, onde o homem moderno preserva e protege sua própria soberania acima de tudo. Deixando assim de seguir a opinião dos outros para conseguir entender a sociedade. Recusando-se a se curvar, servir e ajoelhar-se para a oportunidade de ser tratado como uma utilidade descartável. E, vivendo de acordo com seus melhores interesses em um mundo que preferiríamos que não existisse.



Os membros da comunidade MGTOW acreditam que os enredos tradicionais e românticos com mulheres são falhos, levando em conta uma análise de custo-benefício e de risco-benefício. Ser Mgtow é quando você já não acredita na sociedade, em valores que não voltarão mais ou em religiões que querem doutrinar e te manipular junto as ilusões românticas e o casamento, ser Mgtow é acreditar em si mesmo, no seu potencial, sem mentiras, sem ilusões, viver a realidade, isso é difícil no começo mais é um caminho sem volta, pois a verdade é dura e libertadora, mentir para si mesmo não é a melhor opção mas sim a pior, ser livre, pertencer a si mesmo é uma riqueza nesse mundo, onde todos são escravos de todos.

Os objetivos básicos de um homem são sobreviver e inseminar o máximo de fêmeas possível, essa é a nossa natureza animal, já as mulheres não podem ter relações com muitos homens devido sua natureza, ou seja: Gerar uma criança a cada 9 meses, sendo assim elas são muito mais seletivas por natureza, não é vantagem para elas terem muitos parceiros.

A Natureza feminina as torna muito seletivas, e a natureza masculina nos torna menos seletivos, devido a necessidade de inseminarmos o máximo de fêmeas.

Postar um comentário

0 Comentários