Ticker

4/random/post-list

Projeto Pegasus

 O Projeto Pegasus é um projeto negro dos Estados Unidos, criado pelo Comando Espacial da Força Aérea norte-americana, que alcançou a possibilidade de teletransportes orgânicos bem-sucedidos para a Lua e, mais notavelmente, para Marte. Seu sucesso se ramificou em viagens no tempo. Além disso, também fez testes no controle da mente. Desde o inicio das eras o homem se interessou e estudou possibilidades de distorcer, manipular e também de se teletransportar usando o tempo como ferramenta para esses meios, porém até os dias de hoje essas ideias fantasiosas ainda não puderam ser consagradas verdadeiramente, porém a probabilidade disso acontecer é mais alta do que se pode pensar. O teletransporte foi declarado como sendo descoberto no final dos anos 60, sob os programas de testes do Projeto Pegasus e do Projeto Montauk.



O teletransporte, ou "teletransporte Tesla" é o tipo de teletransporte feito pelo Programa Espacial Secreto da Força Aérea norte-americana. Sua referência a "Tesla" é por causa do gênio Nikola Tesla (1943) por sua pesquisa no componente mais importante que possibilitaria o teletransporte e a viagem no tempo: a "energia radiante". Nikola Tesla acreditava no conceito do século XIX de que o "éter" difuso transmitiria energia elétrica. Se esta teoria é verdadeira, o mesmo "éter" pode transmitir "energia radiante". Por volta de 1947, a pesquisa e o desenvolvimento do teletransporte foram formados por membros do Projeto Manhattan e os alemães importados com a Operação Clipe de Papel(Paperclip), que estavam inscritos como "Funcionários Especiais do Departamento de Guerra dos Estados Unidos". Em 1958, a administração de Dwight D. Eisenhower, com Richard Nixon como vice-presidente, estabeleceu a NASA e a DARPA como responsáveis por tais projetos. No âmbito da segurança nacional, todos os projetos sob o recém-formado DARPA foram marcados como classificados. Em contraste com a NASA, quaisquer conquistas feitas pela DARPA não seriam conhecidas. Nem seria conhecido por todos os ramos do governo dos Estados Unidos. Como os projetos de pesquisa de foguetes estavam sendo absorvidos pela NASA, os projetos de pesquisa de teletransporte das equipes Manhattan / Clipe de Papel foram absorvidos em um sub-projeto sob ao comando da Força Aérea norte-americana. Em 1961, a NASA, em conjunto com a Força Aérea norte-americana, estavam realizando testes de voo com foguetes para o programa Apollo. Após o assassinato de Kennedy, o governo de Lyndon B. Johnson tomou posse e a Força Aérea norte-americana lançou o Projeto Pegasus. Ele conduziu testes de teletransporte que levaram a um evento de teletransporte bem-sucedido em 1964. Em 1965, a NASA experimentou grandes contratempos no programa Apollo, exigindo a atenção de uma equipe Tiger, enquanto o programa Pegasus levantou vôo. Quando Richard Nixon começou a sua administração, o programa Pegasus resultou em inúmeros teletransportes humanos bem-sucedidos, que posteriormente levaram à viagem no tempo em 1970. A busca da viagem no tempo se tornou real, de modo a evitar a ameaça de um suposto holocausto nuclear que foi colocada durante a Guerra Fria com a União Soviética . Experimentos do Projeto Pegasus Cerca de 140 crianças foram usadas em testes experimentais de teletransporte para Marte, foram feitos também diversos testes de viagem no tempo. Eles normalmente enviam crianças por causa de limitações no design que dificultam o teste nos adultos. Todos os adultos que realmente foram testados, apesar das limitações, sofreram traumas psicológicos. As crianças pareciam se adaptar melhor psicologicamente a esses testes. No entanto, os testes nem sempre eram seguros quando uma criança retornava de sua viagem temporal, houve relatos que várias crianças ficaram com muitas dores.

Postar um comentário

0 Comentários