Ticker

4/random/post-list

O universo é um holograma

 “O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima.” Hermes Trismegisto (O Caibalion)




Imagine que tudo o que você vê, sente e ouve em três dimensões (mais a sua percepção de tempo), na verdade, pode estar vindo diretamente de um campo plano de duas dimensões. A hipótese de que o nosso universo funcione como um holograma enorme e complexo foi formulada na década de 90 do século passado por vários cientistas, recolhendo evidências teóricas em vários campos da física de interações fundamentais. Atualmente acredita-se que o Universo tenha nascido da grande explosão inicial, denominada Big Bang, ocorrida há quase 14 bilhões de anos. Depois da explosão inicial, o nosso Universo teria se expandido até chegar à sua aparência atual que conhecemos. Mas esta expansão, ainda está em curso, rapidamente, e não é de todo compreensível. Hoje, no modelo atual, estuda-se o Universo através da combinação da matéria visível com a matéria escura e a ação da misteriosa energia escura, uma forma hipotética de energia que estaria distribuída por todo espaço e que tende a acelerar a expansão do Universo, e seria a principal responsável por tal expansão acelerada. A outra alternativa é que esse Universo em que vivemos é holográfico. A teoria de que o universo seria um holograma surgiu no final da década de 90, quando o físico teórico Juan Maldacena propôs um modelo no qual a gravidade seria proveniente de cordas vibrantes de espessuras infinitesimais. Esse intrincado universo formado por cordas consistiria em nove dimensões do espaço, além de mais uma correspondente ao tempo. Esse cosmos seria como uma enorme projeção holográfica, enquanto toda a ação ocorreria em um universo muito mais simples e plano, desprovido de gravidade. Apesar de parecer tudo muito estranho, a teoria de Maldacena de que o universo seria um holograma permitiu solucionar algumas inconsistências entre a física quântica e a teoria da gravidade de Einstein — já que, quando consideramos um buraco negro, as duas teorias entram em conflito —, além de oferecer uma base sólida para a teoria das cordas. Holografia é uma técnica de registro de padrões de interferência de luz, que geram ou mostram imagens em 3 dimensões. Os hologramas são registos de objetos que quando iluminados permitem a observação dos objetos que lhe deram origem. Os hologramas registram também a fase da radiação luminosa proveniente do objeto e informa a posição relativa de cada ponto do objeto iluminado, permitindo reconstruir uma imagem com informação tridimensional. No final da década de 1990, dois filmes marcaram o ápice de um ciber-imaginário marcado pelo crescimento especulativo da Internet, tecnologias computacionais e realidade virtual: “Matrix” e o “13° Andar”, ambos lançados em 1999 são filmes que abordam esse mundo simulado em computador através de inteligência artificial. O filme 13° Andar (The Thirteenth Floor) é uma adaptação do livro clássico sci fi “Simulacron 3” (1964) de Daniel F. Galouye. Já o filme Matrix é baseado no livro ciberpunk "Neuromancer" de William Gibson.

Postar um comentário

0 Comentários